terça-feira, 14 de outubro de 2008

Enquanto isso, no RC...

Cenário: Resource Center, maneira metida de dizer "biblioteca/sala de informática/sala de monitoria", também conhecida como "sala da Dee".
Personagens: 3 guris, Dee e Michael, o único professor que praticamente não fala português de todo o curso.

Ato I

Guri de boné: Teacher Michael, posso usar esse PC?
Michael: Oh crap, don't you guys know you can't play here?
Guri aleatório: Quê?
Michael: ... Aline?
[Dee de fones de ouvido, fingindo que está ouvindo música alto e estudando Linguística porque não quer se meter, achando divertidíssimo alguém mais além dela dar bronca na gurizada]
Michael: OK. Vou falarr um vez só. Vocês can't jogar aqui on RC. These PCs are para fazer the House. The RC is not seu playground. Porrque you não procurar something else pra fazer?
[Guris ficam morrendo de vergonha. Dee segura o riso pra disfarçar, mas Michael percebe e dá uma piscadela de quem entende porque ela se manteve deliberadamente de fora.]

Ato II
Alguns minutos depois. Guri de cabelão entra. Guri de boné saca um pacote de bolachas da mochila.

Dee: Não pode comer no RC.
Guri de boné: Pode deixar, não vou comer não.
[Guri de boné enfia uma bolacha na boca]

Dee: Mas eu não acabei de dizer que não é pra comer no RC? Depois o teclado enche de migalha e quem vai ter que limpar sou eu!
Guri de boné: Mas eu não tô comendo!
Dee: Ah, claro que não. Você só está tirando uma bolacha do pacote, botando na boca e mastigando. Eu que sou implicante, e fico dizendo que isso é comer só pra ter motivo pra te dar bronca... Falando em bronca, pode fechar o site de joguinho que também é proibido, viu?
Guri de cabelão: Mas por que não pode jogar?
Dee: Porque estes PCs são pros alunos fazerem a House. Não pras crianças se entreterem quando seus pais se atrasam e esquecem delas aqui e elas não têm mais nada pra fazer e... olha, quer saber? Fiquei com pena, eu também morreria de tédio se tivesse que passar sei lá quantas horas esperando alguém vir me buscar. Joguem aí. Só não baixem nada, não cliquem em nada suspeito e, pelamordedeus, se o Coordenador ou a Diretora chegarem, fechem o jogo mais rápido que se tentassem falar "The book is on the table", ok?
Guris: OK, teacher!
Dee: Mas então, que jogo é esse? Sério? Nossa, esse eu não conhecia! Tá, depois você me ensina a jogar, agora eu vou voltar pra minha mesa que preciso estudar, tenho prova essa semana. Se chegar alguém querendo usar a House, vocês prometem que liberam um PC pra pessoa? Posso confiar em vocês? Então tá bom.

[Dee volta pra mesa. Entra Michael.]
Michael: GUYS! O que I acabar de say? You não have respeito pelas rules! These are the rules of this place! Rules são made parra be followed!
[Guris se assustam e saem correndo. Toca uma buzina; é a carona deles. Vão embora do curso.]

Michael: Heh, heh, heh... I'm being particularly mean today, ain't I?
Dee: Just a bit, haha.
Michael: Yeah, just a bit... Hahaha

[FIM]


Peça também conhecida como "mais um dia perfeitamente comum e normal no trabalho da Dee". Por isso que, mesmo reclamando tanto, eu insisto em dizer que adoro meu trabalho... =P

2 comentários:

Aline Barbosa disse...

"Vocês can't jogar aqui on RC ... O que I acabar de say? You não have respeito pelas rules! These are the rules of this place! Rules são made parra be followed!"


huahauahauhauaahuahauahauahauahau
Aaaaahhh! Mto bom! Impagável essa mistura...
huahauahua

Meu Deus... Nada como um trabai desses... -.-
Aliás, aqui nem é tão diferente,
os guris daqui são tão cara-de-pau qto esses daí... A diferença está nas rules a serem followed... huahuaah

Tássia Pellegrini (Tanna) disse...

histórias de professores. nunca iamginei que pudessem dar textos tão bons. acho que a culpa é da boa escritora... em breve tentarei com as minhas.

E you can't parar de write on the blog. =)