sábado, 25 de outubro de 2008

Kombi

Poucas coisas nesse mundo são mais românticas que namorar no banco do motorista de uma kombi no estacionamento do Habib's. E era isso mesmo que o casal fazia, despreocupado com a vida, numa noite de sábado. Ele, com o que a gente no sudeste costuma chamar de típico bigodão de porteiro nível épico. Ela, quase indistinguível, arremessada lânguidamente sobre o colo do parceiro.

Não quis acreditar quando me disseram. Tive que conferir por mim mesma, e lá fui eu, controlando a crise de riso iminente, passar do lado da janela do motorista. Foi uma breve passagem, mas o suficiente para ouvir, em uma voz sussurrante:

- Amigo... vá com calma que sou casada.

Acho que preciso ir mais vezes ao Habib's.

2 comentários:

Tássia Pellegrini (Tanna) disse...

auhuhauhahuhuha

*crise de riso*

e, o melhor, um texto tão curto e tão bem redigido. à lá Dee, *__*

Aline disse...

huahauahauahaua

"vá com calma que sou casada" foi ótemo! huahauahaua

E sim, sim, sim... Concordo contigo, Tássia... Bem típico da Dee... =)